Voltar Imprimir
cafe

Se já faz parte da sua rotina acordar atrasada e pular o café-da-manhã para economizar alguns minutinhos, é bom repensar essa forma de começar seu dia.

Você já deve ter ouvido falar que o café-da-manhã é a refeição mais importante do dia. E é verdade!

Durante o sono o organismo continua trabalhando, por isso, ao acordar após esse longo período de jejum, devem-se oferecer ao corpo alimentos que irão fornecer energia para a realização das atividades básicas e também ajudar no rendimento durante a jornada de trabalho.

Mas a importância dessa refeição vai muito além do bom rendimento no trabalho...

Pesquisas sobre os hábitos alimentares da população indicam que quem não se alimenta corretamente nas primeiras horas após acordar, tende a comer mais nas próximas refeições, mostrando que o café-da-manhã ajuda no controle da fome, evita exageros e, assim, contribui para uma alimentação mais equilibrada.

O hábito de não fazer esta refeição também está associado à obesidade, uma doença causada por diversos fatores e diretamente influenciada pelos hábitos alimentares. Isso porque os longos períodos de jejum são entendidos pelo corpo como uma situação de carência de alimentos, e assim, o metabolismo passará a ficar mais lento para economizar e armazenar energia na forma de gordura, reservando-a para momentos que tenha necessidade. Isso explica também o fato de pessoas que passam longos períodos em jejum terem mais dificuldade para emagrecer.

Ao realizarmos várias refeições durante o dia, o metabolismo estará sempre ativo, a todo vapor. Além disso, quando ficamos muitas horas sem comer a tendência é de exagerar na próxima vez. Portanto, o ideal é realizar várias refeições ao longo do dia, de pequenos volumes, com intervalos de mais ou menos 3 horas.

Então, se o seu objetivo é perder ou manter o peso, pular o café-da-manhã não é o melhor caminho.


Composição do café-da-manhã

Os alimentos que normalmente estão presentes no café-da-manhã são diferentes dos que se costuma comer no almoço e no jantar. Isso quer dizer que, ao realizarmos várias refeições ao longo do dia, fica mais fácil ingerir a quantidade adequada de cada nutriente que precisamos.

O café-da-manhã não precisa ser uma grande refeição; ele deve conter no mínimo 15% das calorias necessárias para um dia. Ou seja, para uma pessoa que deve ingerir 2000Kcal por dia, por exemplo, essa refeição deverá conter aproximadamente 300Kcal.

Para escolher os alimentos que irão compor seu café-da-manhã, observe a função que cada um desempenha:

  • - pães, torradas e cereais: são boas fontes de carboidratos e fornecem energia;
  • - leite, queijo e derivados: são fontes de proteínas e de cálcio;
  • - frutas: suas fibras e a dos cereais integrais ajudam no bom funcionamento do intestino.

Veja algumas sugestões práticas e saudáveis para começar bem o seu dia:

  • - Granola com iogurte e frutas;
  • - Torrada integral, queijo branco, peito de peru e suco de frutas;
  • - Pão francês com requeijão, leite com café e mamão papaya.
Enviar por E-mail

Extranet   |   Mapa do Site   |   Política de Privacidade   |   Relacionamento com o consumidor: 0800-116933

(C) 2009 – Marilan Alimentos. Todos os direitos reservados.